Pais ajudam filha a criar o máximo de memórias do mundo antes que ela fique cega

Na maioria das vezes, nem nos damos conta da importância das coisas que vemos, sentimos e ouvimos. O propósito dos pais da pequena Lizzy é justamente valorizar cada coisa que ela vê, antes que a garotinha fique cega.
Lizzy foi diagnosticada com uma doença genética rara, a Síndrome de Usher Tipo II, que causa perda progressiva de audição e visão.
Os pais dela, então, decidiram criar uma lista de coisas para mostrar à menina, antes que a doença atinja seu último estágio com o passar dos anos

A lista inclui atrações turísticas como o Grand Canyon, Cataratas do Niágara e Parque Nacional de Yellowstone, sem se esquecer das pequenas coisas – e não menos importantes, como o pôr do sol na praia e o céu noturno

Recentemente, Lizzy pode observar o céu e em especial a lua através de um telescópio no Observatório Warren Rupp, em Ohio. Ela e sua amiguinha também puderam conhecer diversos tipos de pedras

Os pais disseram ao Mansfield News Journal que querem mostrar à ela a noite, os vagalumes, as estrelas e tudo que for possível, para que a pequena Lizzy leve consigo todas essas lindas memórias, em especial quando seu mundo se tornar totalmente escuro.
E como ela reagiu ao ver a lua de perto? Confira no vídeo (em inglês):

A atitude dessa família é realmente emocionte!

Share
Read more