Família enterra cão, mas 14 horas depois ele está de pé na porta da frente

Em Outubro de 1990, Mugsy, um cão de raça Jack Russell com 4 anos de idade, foi atropelado por um carro perto da casa de seu dono em Severna Park, Maryland. A mãe de Mugsy, Viola, estava no trabalho. E seu namorado, Glenn, estava cuidando de suas duas pequenas crianças.

Glenn percebeu o que aconteceu e correu para fora para encontrar o sangrento de Mugsy… Ele pegou o pobre filhote e o viu falecer em seus braços. O homem descreveu a situação, dizendo que o animal estava “realmente morto”. Ou seja, ele não estava respirando e nem tinha batimentos cardíacos!

O namorado de Viola disse às crianças para permanecerem dentro de casa, até ele levar o corpo sem vida de Mugsy para um local arborizado, onde cavou um buraco e o enterrou. Naquela noite, Viola chegou para casa do trabalho e toda a família foi ver a sepultura improvisada. Uma das crianças até disse uma oração de soltar uma lágrima! Na manhã seguinte, eles planejaram colocar uma cruz de madeira no túmulo para homenagear seu amado cachorro. Mas, uma coisa incrível aconteceu…


Às 5:30 da manhã (14 horas após o acidente horrível), Glenn e Viola ouviram o som de raspar na porta. Eles não podiam acreditar em seus olhos… Era Mugsy a abanar sua cauda! Afinal de contas, o animal ainda estava vivo e cavou o buraco de volta para ir ao encontro de seus humanos. Felizmente, o animal não ficou com danos colaterais e hoje em dia tem uma vida completamente normal!

Dê uma olhada no vídeo abaixo, para ficar a conhecer um pouco mais sobre essa história incrível:

Compartilhe essa história surpreendente com seus amigos e familiares!

Fonte: Little Things

O post Família enterra cão, mas 14 horas depois ele está de pé na porta da frente apareceu primeiro em Histórias com Valor.

Share

Deixe uma resposta